sexta-feira, 29 de junho de 2007

Inauguração do Ecomuseu de Vila Chã de Sá

Foi inaugurado o nosso Ecomuseu! Foi uma bela festa onde esteve em peso a população de Vila Chã de Sá e entidades convidadas. O Cantorias teve o prazer de abrilhantar a festa onde também esteve presente o Grupo de Bombos da nossa terra. Além da música e muita boa disposição, houve também lugar a uma sardinhada neste dia de S. Pedro!

"Era uma lixeira, agora é um ecomuseu. A estrutura, construída pedra a pedra por artesãos e mão de obra locais, fica à entrada de Vila Chã de Sá. No espaço, há representações de uma memória ligada à produção de bens colectivos que geravam riqueza e faziam a economia mexer. Exemplos? O moinho de água, o lagar de azeite e de vinho, o forno comunitário, as plantações de árvores de fruto, o vinhedo, o poço de água com a cegonha, a cozinha beirã ou os instrumentos agrícolas de antanho. José Ernesto Pereira da Silva, professor e presidente da Junta de Freguesia de Vila Chã de Sá, importou de França a ideia do ecomuseu. E há três anos começou a construi-lo, candidatando a obra a um programa municipal. "O terreno era uma lixeira, mas isso não foi impeditivo. Pelo contrário, tornou-se até estimulante e um desafio transformar aquele espaço em algo positivo para a comunidade, muito especialmente para as escolas, que podem promover visitas de estudo, ensinando às crianças como se fazia o pão, o azeite ou o vinho", explica o autarca. Tudo original. Muito do material utilizado para a edificação do ecomuseu, foi doado por residentes, naturais ou gente amiga da freguesia. A pedra utilizada na construção de muros e do casario, é toda proveniente da região. Tal como os acessórios do moinho, dos lagares ou os instrumentos agrícolas. "É tudo original", garante José Ernesto, que recorreu aos melhores artesãos e trabalhadores da pedra para edificar o ecomuseu."O trabalho de reconstrução e instalação de um moinho tem de ser feito por pessoal capaz e especializado. E pô-lo em funcionamento exige muitos conhecimentos. Por isso, procurei os melhores artesãos", lembra o autarca. Poupar dinheiro. Mas, muito do trabalho foi feito por administração directa. "O pessoal da junta de freguesia empenhou-se e a obra ficou mais barata. Se a tivéssemos adjudicado a uma empresa de construção civil, tinha ficado muito mais onerosa para os cofres da junta. E tenho também a certeza que não seria tão bem construída, nem ficaria tão genuína", sublinha o presidente da junta de freguesia de Vila Chã de Sá. (Rui Bondoso, in JN, 28/07/2007)"

sábado, 16 de junho de 2007

FESTIMÚSICA 2007 - Final Nacional: Melhor Grupo de Tradição Popular!

Depois de ter vencido as eliminatórias regionais do Distrito de Viseu, o CANTORIAS conseguiu o 3º lugar no concurso nacional de música "Festimúsica 2007", sendo o primeiro lugar para a BANDA FILARMÓNICA SIMÃO DA VEIGA do distrito de Évora e o segundo lugar para a BANDA FILARMÓNICA DO ENTRONCAMENTO do distrito de Santarém. Numa final onde estiveram presentes 13 distritos, maioritariamente representados por bandas filarmónicas (7!), também estiveram outros géneros músicais como grupo corais, tunas, orquestras de percussão, grupos de concertinas, grupo de metais e orquestras de música ligueira.
Numa luta de "David contra Golias", o CANTORIAS conseguiu chegar ao pódio tendo sido nesta final nacional o melhor grupo de música tradicional portuguesa que apareceu a concurso!
O ENCONTRÃO 2007 dividiu-se em três categorias: Música, Teatro e Etnografia. Participaram nesta edição deste ano 107 colectividades, dos quais 47 apuraram-se para a final que se disputou na Aula Magna da Universidade de Lisboa.

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Participação no programa "Portugal Azul" da RTP

A nossa estreia televisiva! Foi no programa da RTP "Portugal Azul" que se realizou em Viseu no Centro Pastoral de São José no âmbito das comemorações dos 50 anos da Rádio Televisão Portuguesa. Mais uma nova experiência para todos nós, elementos do CANTORIAS, onde além de conhecer os bastidores de um programa de televisão, tivemos a oportunidade de conhecer e conviver com apresentadores e artistas nacionais (e eles connosco, claro!): o Carlos Ribeiro, o João Baião, a Serenella Andrade, a Isabel Angelino, o Quim Roscas e o Zé Estacionâncio, o Nel Monteiro, os Canta Bahia, a Micalea, o Mario Gil, nosso Campeão Olímpico Carlos Lopes, e muito outros...

Serenella Andrade:
Carlos Ribeiro:
João Baião:O Quim Roscas e o Zé Estacionâncio:
Micaela:Nel Monteiro:Canta Bahia:Carlos Lopes: A Rita, da RTP, a quem fica o nosso grande obrigado pela oportunidade que nos proporcionou de participar no "Portugal Azul". Obrigado Rita!